TURISMO

Melhores Estratégias e Dicas Gerais de FastPass da Disney

Conheça a melhor maneira de usar o fura filas da Disney

Muita gente ouve falar sobre o “fura filas” da Disney chamado FastPass, mas nem todos sabem a melhor forma de usar essa ferramenta. O FastPass funciona assim: você marca um horário para chegar na fila, e chegando no horário marcado, a fila será menor que a normal. Você consegue entrar em uma fila paralela e passar na frente da maioria das pessoas que está esperando na outra fila que é normal. Diferente dos outros parques, como Universal, Sea World e Bush Gardens, por exemplo, o fura filas da Disney é gratuito.

Entretanto, esse sistema é limitado e existem regras, embora seja gratuito, nem todos conseguem marcar horário para estar em uma mesma fila. Senão viraria bagunça, não é mesmo? Sem contar que aquelas atrações que são mais concorridas ou em alta temporada acabam rápido. Então a Disney separa quantidades específicas para cada fila, para não lotar nenhuma. E é por isso que precisamos analisar a melhor forma de usar o FastPass, para que o visitante escolha as filas em que deseja estar sem ser prejudicado pelas regras. Existem macetes e estratégias para conseguir ir nas filas desejadas, mas nem todos têm conhecimento. Lendo esse post, agora você vai ter. Sabendo de todas as dicas, você pode adaptá-las ao seu estilo de roteiro e usar essa ferramenta da melhor maneira possível.

São vários tipos de estratégias. Têm aquelas que são gerais, sobre as quais falamos nesse post, que valem para todos os parques, e têm aquelas que são para cada parque da Disney. As que são para cada parque, é mais para aquele dilema de qual atração escolher. Falamos sobre o ponto positivo e negativo de escolher cada um. As dicas para cada parque estão no fim do post. Mas as estratégias gerais funcionam em todos os parques! Então não deixe de conferir as dicas presentes aqui e juntá-las com as dicas do parque que você deseja ir. Talvez essas gerais sejam até mais importantes nesse sentindo. Então confira.

1ª dica – Horário de agendamento

Em todos os parques da Disney, você pode marcar antecipadamente três FastPass. Depois desses três antecipados, você consegue ir marcando os adicionais. Então quando você usa o primeiro FastPass antecipado, libera espaço para você adicionar mais um.

As pessoas que não conhecem essas dicas costumam usar os três FastPass de uma vez, logo de cara, e depois marcar um adicional atrás do outro. Mas essa não é a melhor estratégia, embora seja a mais conhecida. Isso é ruim, porque logo que o parque abre, não tem necessidade de gastar fura filas. Nas primeiras horas de parque está tudo tranquilo, não tem lotação, não tem fila. Não faz sentido gastar esse benefício quando o parque não tem fila. O ideal é chegar no parque cedo sim! Antes do parque abrir, porque sendo um dos primeiros a entrar no parque, as atrações não tem tanta fila e dá para aproveitar bastante. Dessa forma, e possível deixar o fura filas para mais tarde quando houver mesmo a necessidade de furar aquelas filas enormes.

Ou seja, nas primeiras duras horas de parque mais ou menos, aproveite o parque tranquilo e não marque FastPass. Depois que passara quela uma hora e meia de parque aberto, que você já aproveitou as filas curtas sem gastar seu FastPass, aí sim você deverá marcar um FastPass atrás do outro nos intervalos menores que conseguir. Certo?

2ª dica – Atenção no agendamento

Preste atenção no agendamento. Existem outras formas sim de conseguir FastPass concorridos depois, sem precisar ter agendado antecipadamente. Mas ter a tranquilidade e paz de ter agendado aquela atração tão desejada é a melhor sensação! Se você conseguir as atrações mais concorridas, conseguir aquele FastPass concorrido, não terá mais que se preocupar. Pois então, marque o FastPass assim que a janela de agendamento abrir. Se programe e esteja esperando nesse horário (antes desse horário para ser um dos primeiros).

Importante: o agendamento começa as 7AM (7:00 da manhã) no horário de Orlando. Sempre confira na internet o fuso horário.

3ª dica – Aceite e escolha as filas

Mesmo usando o FastPass da melhor maneira possível, alguma hora vai ter fila. Mesmo viajando em baixa temporada. Não dá para ganhar em tudo nessa vida. Então seja esperto e escolha qual fila você vai querer entrar. Porque existem filas nos parques que são ao ar livre, a mercê de sol ou chuva, e existem filas que são no ar-condicionado. Sem contar aquelas filas que são todas decoradas, interativas, que rendem fotos e você nem vê o tempo passar. Portanto, aceite isso. Uma hora vai ter fila. Escolha qual das filas você vai querer estar, qual é a mais cômoda e mais bonita. Estar na fila não precisa necessariamente ser tedioso.

4ª dica – Defina suas prioridades

O FastPass antecipado, aqueles três primeiros, devem ser marcados naquelas atrações que são difíceis de marcar adicional depois. Algumas filas são parecidas, mas mesmo essas parecidas, tem umas que são mais difíceis de marcar FastPass adicional do que outras. Tipo as atrações Frozen e Soarin (ambas no EPCOT), elas tem um tempo bem parecido de fila. Mas para marcar um FastPass adicional (depois daqueles três primeiros), é mais fácil marcar para a atração Soarin do que para a Frozen. Portanto, se você quiser ir nas duas, por exemplo, é melhor você escolher Frozen antecipado, que é mais difícil, e depois tentar FastPass adicional para Soarin que é mais fácil. Entendeu?

Para essa estratégia você deve conhecer um pouco das atrações. Mas, em suma, busque sempre marcar FastPass antecipado para aquelas atrações que vai ser mais difícil marcar adicional depois. Deixe o FastPass adicional para aquelas que são mais fáceis de conseguir. Saber disso realmente pode fazer a diferença.

5ª dica – Seja teimoso mesmo!

Essa é uma dica meio louca mas que funciona. Pode reparar que toda hora aparece um FastPass difícil de repente no aplicativo. Do nada! Mesmo estando já no parque, não deixe de entrar no aplicativo, entrar no site, e ficar sempre atualizando. Pode ser que apareça aquele FastPass que você queria tanto. Tente e insista e não desista nunca! Não é sempre que acontece isso, mas pode ser que aconteça sim e não custa tentar. Entre no site e no aplicativo sempre e atualize a página como se não houvesse amanhã.

6ª dica – Modificar o FastPass

A maioria das pessoas agendam os FastPass antecipados e se esquecem deles. Mas essa não é a melhor maneira de agendá-los. Isso porque no aplicativo da Disney existe uma ferramenta de modificar o FastPass que é muito útil! Usá-la de forma correta pode melhorar e muito a sua estratégia para usar o FastPass. Caso você não tenha conseguido aquela atração que queria logo de cara no agendamento, pode ficar tentando modificar o que você já tem. Assim não perde o que você já marcou, mas continua tentando aquela outra atração. Quando aparecer, é só trocar um pelo outro. Siga a 5ª dica e seja teimoso.

Outra forma de aproveitar esse artifício de modificar, é trazer os FastPass para mais cedo, assim sobra tempo mais tarde para FastPass adicionais. Fazendo isso, você consegue utilizar uns 5 fura filas adicionais a mais do que a maioria das pessoas. Ninja, não? Pensei assim: você marca três FastPass, 1, 2 e 3. Assim, quando você entrar na fila e gastar o 1, você já consegue dali da fila mesmo trazer o 3 para antes do 2 e liberar aquele espaço. Entendeu? Dessa forma, trazendo sempre os FastPass posteriores para mais cedo, você consegue ir liberando espaço para os adicionais. Isso faz com que você use e abuse dos FastPass que são de direito seu.

Se tiver um FastPass marcado para muito tarde, ele vai ficar empacando os outros. De qualquer forma, se aquele que tiver marcado para bem tarde valer tanto a pena, você pode ficar tentando modificar. Pode ser que apareça uma oportunidade mais cedo, aí você troca e destrava os adicionais. Faça bom uso dessa ferramenta.

7ª dica – Saiba dos macetes

Um FastPass concorrido deve ser marcado com antecedência. Mas também tem outras formas de consegui-lo. Lembre-se: é muito mais fácil marcar um FastPass para uma pessoa do que para um grupo. Embora ninguém (ou quase ninguém) vá visitar os parques da Disney sozinho, vale a pena marcar o FastPass para uma pessoa só. Assim você garante aquele horário. Depois, ao invés de criar um novo, adicione alguém no existente. Vai adicionando um amigo de cada vez.

De qualquer forma, se não der certo (o que pode também acontecer), tem como marcar em horários próximos. Isso porque vocês podem ter um intervalo de tempo em comum. Exemplo: para uma pessoa marca de 2 da tarde até 3 da tarde. Para a outra pessoa, marca das 2:30 até as 3:30. São horários diferentes, não compartilham o mesmo horário de FastPass. Certo? Mas das 2:30 até as 3 os horários são equivalentes. Nesse tempo vocês conseguem compartilhar a fila e irem juntos na atração. Portanto, marque uma pessoa de cada vez. Não tente logo de cara enfiar um grupo inteiro no mesmo horário, vai ser mais difícil. Vai marcando um de cada vez, ou tente horários próximos e sempre tente modificar o FastPass para se adaptar melhor ao seu desejo. Vai ser só sucesso.

Por fim

Essas são as principais dicas gerais de FastPass, mas você também pode ver as características de cada parque e saber quais atrações vale a pela prestar mais atenção e agendar antes nos links abaixo. E não se esqueça: para visitar os Estados Unidos você precisa tirar o Visto de Turismo.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta