Escolas para crianças e adolescentes na Flórida

Se você está de mudança para a Flórida e pensa em matricular seus filhos, é bom ficar bem informado. Aqui tem tudo o que você precisa saber. Como são divididas as sérias, como funciona o transporte, documentos necessários e mais. As escolas para crianças e adolescentes nos Estados Unidos são diferentes das escolas do brasil. O calendário é diferente, o ensino é mais rígido, as grandes são divididas de outra forma e o ensino médio tem um ano a mais.

A Flórida está enfrentando um problema ultimamente. Como muitos estrangeiros vêm de todos os lados (legalmente ou não) e matriculam seus filhos nas escolas públicas, elas estão ficando sobrecarregadas. Devido a isso, pode ser que exista uma fila de espera para matricular a criança na escola. Por outro lado, existem várias opções de escolas privadas no estado. Se você ainda está pensando no processo e em todos os gastos, vale a pena pensar no assunto. Uma parte das escolas privadas tem algum tipo de vinculação com igrejas.

Como as séries são divididas nos EUA

Elementary School

De início, tem o jardim de infância. Ele vai dos 5 aos 6 anos da criança. O Kindergarden (jardim de infância) está incluído na Elementary School, que é a primeira parte do ensino americano. A Elementary School é dos 5 anos até os 11, e as séries são divididas dessa forma:

1st grade – Idade: 6-7
2nd grade – Idade: 7-8
3rd grade – Idade: 8-9
4th grade – Idade: 9-10
5th grade – Idade: 10-11

Comparando com o Brasil para ter um melhor entendimento, a Elementary School é equivalente ao Ensino Fundamental. Geralmente, nessa fase da vida, as crianças conseguem absorver o inglês muito mais rapidamente do que os outros alunos mais velhos. Um adolescente por exemplo, tem mais dificuldade de aprender o inglês e se encaixar na escola do que as crianças, já que com essa idade, tem mais facilidade e são uma “esponja” para aprendizagens.

Middle School

Depois da Elementary School, vem a segunda parte do ensino que é a Middle School. Ela é para as crianças de 11 a 14 anos e nessa parte, os alunos já são preparados para entrar na High School, que é o Ensino Médio brasileiro. A Middle School é o nosso “ginásio”, aquela parte do ensino que fica no meio do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.

6th grade – Idade: 11-12
7th grade – Idade: 12-13
8th grade – Idade: 13-14

High School

Nos Estados Unidos, o Ensino Médio (High School) tem duração de 4 anos, e não 3 como acontece no Brasil. Para os alunos que já foram matriculados desde pequenos na Elementary School ou Middle School fica mais fácil a adaptação a High School. Já que foram se acostumando a forma de ensino e principalmente o inglês. Mas, para aqueles que chegam para entrar direto no ensino médio, é mais difícil.

Se o adolescente já tiver o inglês, ótimo! Mas se for um brasileiro que só fala português, como vai entrar na escola e acompanhar os ensinos mais avançados sem nem ao menos falar a língua e entender os livros? Pode acontecer dele entrar na Middle School para justamente aprender o básico do inglês e conseguir acompanhar os outros alunos quando chegar na High School. Se ele chegar com uns 16 anos, por exemplo, irá terminar a High School com 20 anos.

9th grade (Freshman) – Idade: 14-15
10th grade (Sophomore) – Idade: 15-16
11th grade (Junior) – Idade: 16-17
12th grade (Senior) – Idade: 17-18

Adaptação dos alunos estrangeiros

Isso acontece porque, na Middle School e Elementary School geralmente tem alguns programas para adaptação dos alunos estrangeiros, já na High School esses programas não são tão presentes. Existe sim algumas escolas que, na High School, fazem de tudo para que os estrangeiros se encaixem bem. Mas, é um pouco mais difícil de achar escolas com esses programas. Middle School e Elementary School são melhores para adaptação.

Inserir um adolescente sem inglês na High School também não é legal por outro ponto. Os outros alunos que estão estudando juntos desde o início do ensino já tem suas “panelinhas”, já formaram seus grupos de amigos. Entrar de supetão em um grupo já é difícil no Brasil, imagina nos EUA sem entender do que eles estão falando. Mas, de qualquer forma, oriente seus filhos a vencerem os obstáculos da vida. Tudo isso é apenas mais uma etapa a ser vencida.

Pode matricular o filho na escola com Visto de Turista?

Pode, mas é preciso analisar. Porque um turista iria matricular o filho na escola? Muitas pessoas estão tendo problemas com isso. Elas ficam por 6 meses no país, matriculam seus filhos na escola enquanto isso, trabalham e moram nos EUA até seu visto vencer (não aplicam para a mudança de status). Depois disso, voltam para o Brasil, ficam por duas semanas e retornam aos EUA para ficar por mais 6 meses legalmente.

Entretanto, a imigração não é cega. Ela vê que o seu filho foi matriculado e isso pode atrapalhar a sua reentrada nos EUA futuramente. Já que, para matricular uma criança na escola, é preciso um comprovante de residência. Esse comprovante, prova que você mora naquele local. E se o turista está morando no país, ele não é mais turista. Portanto, um turista que mora, trabalha e tem os filhos na escola, não está agindo de acordo com o visto. Isso é errado!

Se você quer colocar os seus filhos na escola e não ter nenhum problema com a imigração, pode optar por tirar o Visto de Estudante F1 e colocá-los como dependentes F2. Aí sim! Porque turista não estuda. Pode matricular a criança com visto de turista? Pode, ele irá ser matriculado! Mas é errado.

Quais os documentos necessários 

Os documentos necessários para matricular uma criança na escola, pode variar de acordo com a instituição escolhida. Eles também podem variar de acordo com o condado em que a escola está situada. Na maioria das vezes, os documentos são:

  • Comprovante de Residência (proof of residency in school zone): no ensino público, o seu endereço irá determinar em qual escola seu filho irá estudar. Isso porque, as escolas são divididas por região. O comprovante pode ser um contrato de locação, uma conta de luz; desde que esteja em seu nome e possua um endereço;
  • Exame Admissional (proof of physical examination): a criança deve passar por um exame clínico nos EUA e o médico irá emitir um “exame admissional” para determinar que ela está em boa saúde;
  • Carteira de Vacinação (immunizations): a carteira de vacinação deve estar em inglês (pode ser traduzida por algum profissional na função);
  • Histórico Escolar: o histórico deve ser traduzido, eles irão comparar o ensino e ver onde, em que série, a criança irá começar.
  • Certidão de Nascimento (proof of date of birth);
  • Passaporte.

Transporte Escolar 

O transporte escolar nos EUA é gratuito. Para as crianças que moram muito próximo à escola (menos que duas milhas) pode deixar de ter direito ao ônibus, mas a maioria tem! Eles podem pegar as crianças na frente de casa ou em algum ponto bem próximo, então os pais não precisam se preocupar. Uma vez dentro do ônibus, a criança se torna responsabilidade do estado. Quando um ônibus escolar para na rua, uma plaquinha do lado é levantada e todos os carros da rua precisam parar. Enquanto o ônibus estiver parado, os carros devem ter atenção dobrada e redobrada! Enquanto as crianças não estiverem todas seguras dentro do ônibus, os carros não podem seguir seus cursos.

Dica: Quanto melhor a escola, ou seja, quanto melhor as notas dos alunos na escola, mais caro será o aluguel em volta dela. Então, se você não tem filhos e não precisa das escolas, é interessante escolher um bairro onde as escolas não sejam tão boas. Assim, pagará menos pela moradia.

Veja Também: 

Deixe uma resposta